Peru

Gorjetas no Peru

Saiba tudo sobre as gorjetas no Peru, confira as dicas de onde, quando e em quais situações deixar uma gratificação durante a sua viagem. Uma dúvida que pode surgir assim que você pisar no Peru é: Como funcionam as gorjetas nesse país? Então, para que você se organize melhor e não passe por nenhuma situação desconfortável em sua viagem, vamos dar dicas completas sobre as gorjetas no Peru.

Moedo Peruana - Nuevo Sol

E depois não deixe de ver a matéria de como economizar muito em sua viagem no Peru. É a matéria mais acessada do blog e vai te ajudar muito com todo o planejamento da viagem. São várias dicas imperdíveis que vão fazer você economizar MUITO (muito mesmo) e montar toda a sua viagem para o Peru.

Como funciona gorjeta no Peru?

Em grande parte dos lugares do mundo, a gorjeta passou a ser uma forma de agradecer pelos serviços prestados, principalmente em restaurantes, hotéis, passeios com guias e táxis. A gorjeta no Peru não é uma obrigatoriedade e também não possuem um valor fixo, mas caso você goste do serviço e queira deixar um agrado, vamos dar uma base de porcentagem para você oferecer em cada setor que envolve a sua viagem no Peru.

Gorjetas nos hotéis do Peru

Embora sejam um pouco mais flexíveis do que em outros países, as gorjetas também são muito bem vistas no Peru. Assim que chegar no hotel, há sempre um bagageiro ou algum funcionário que ficará disponível para ajudar você com a mala. Para eles, indicamos contribuir com um valor entre 1 e 2 dólares por mala. Já para o serviço de quarto, indicamos algo entre 3 e 5 dólares. Agora, se a sua estadia conta com “House Keeping”, que são as pessoas que limpam o seu dormitório, a nossa dica é um valor entre 5 e 10 dólares.

Gran Hotel Bolivar em Lima

Os recepcionistas costumam ganhar bons salários no Peru, o que faz com que, geralmente, eles não recebam gorjetas. Caso queira contribuir, indicamos algo entre 10 e 15 dólares. Caso você opte por fazer suas refeições no restaurante do seu hotel, saiba que a média de gorjeta é de 20% do total consumido. Outro ponto que vale a pena destacar é que este valor pode ser acrescido no total da conta e pago com cartão de débito ou crédito. Por outro lado, a nossa dica é sempre dar a gorjeta em dinheiro, quando realmente sente que o serviço valeu a pena.

Sumaq Machu Picchu Hotel

Gorjetas nos restaurantes do Peru

Bem como os restaurantes de hotéis, indicamos deixar um valor de 20% do consumo de gorjeta em todos os restaurantes que passar pelo Peru. Diferente de cidades brasileiras, como São Paulo, por exemplo, nenhum restaurante peruano irá incluir e cobrar automaticamente a taxa de 20% de gorjeta da sua conta. Então, a nossa dica é para que ande sim com um dinheiro na carteira e dê em mãos para o funcionário que deseja beneficiar com esta gratificação.

Restaurante La Rosa Nautica em Lima

Gorjetas nos táxis do Peru

Caso opte por não alugar um carro no Peru, provavelmente, você irá depender de táxis e saiba que nesse país não é obrigatória a contribuição de gorjetas, como é pedido pelos motoristas de Nova York, por exemplo. Então, deixe a gorjeta com taxistas que realmente gostar do trabalho e serviço. Outro ponto que vale lembrar é que no Peru não há taxímetro, o que faz com que você tenha que negociar antes de começar a corrida. Quer saber se o taxista cobrou um preço justo pelo seu trajeto? Sempre compare com aplicativos de transporte, como o Uber, por exemplo.

Táxi no Peru

Gorjetas em passeios no Peru

Os passeios mais procurados pelos turistas que chegam nas cidades peruanas são os tours guiados, principalmente em cidades como Cusco e Lima. Nestes tours que possuem uma duração média de 4 horas, por exemplo, indicamos que a sua gratificação seja de um valor próximo aos 5 dólares. Caso o seu passeio leve um dia inteiro, como é o caso do Vale Sagrado em Cusco ou a Rainbow Mountain, indicamos cerca de 10 dólares de gorjeta.

Vale Sagrado em Cusco

Outro ponto que vale a pena destacar é que nestas cidades mais turísticas, como Lima, há muito uma modalidade de passeio chamada “Free Walking Tour”. Como o próprio nome já indica, são passeios gratuitos e guiados, onde os profissionais recebem o “pagamento” apenas pelas gorjetas. Então, nesses casos, indicamos uma gratificação entre 10 a 15 dólares por pessoa.

Montanha Colorida em Cusco

Use seu celular à vontade no Peru

Poder usar seu celular no Peru e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, além dos aplicativos de cupons de desconto. E se for alugar um carro, você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS, pois poderá usar o do celular. Com ele você também pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e, lógico, ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem ao Peru nas redes sociais. Se quiser, veja as nossas dicas de como usar o celular à vontade no Peru. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Lima, Cusco e qualquer outro lugar do Peru e do mundo inteiro, caso vá para outros países na mesma viagem. E usando a internet do seu celular, você poderá pesquisar tudo sobre as gorjetas no Peru para quando estiver lá.

Como usar seu celular à vontade no Peru

Economize muito nos ingressos de passeios e excursões

Outra dica importante é sobre os ingressos para os passeios e atrações. Comprar antes pela internet é sempre a melhor opção, pois além dos preços serem sempre menores, você evita as longas filas nas bilheterias, não precisa perder tempo da sua viagem se preocupando com isso e não corre o risco deles terem se esgotado. Nós acabamos comprando todos os passeios e ingressos nesse site aqui de Ingressos para o Peru e achamos ótimo. Como eles são o maior site de ingressos e excursões do mundo, já tem todas as opções lá e você já compra tudo em um único lugar, e que sabemos que é de confiança. É legal que já vai abrir na página com todos os passeios e ingressos do Peru, na ordem dos mais vendidos, que são os mais procurados.

Bairro Barranco em Lima

Não se esqueça do Seguro Viagem para o Peru

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando viajar para fora do Brasil é que não se esqueça de fazer um Seguro Viagem Internacional. Ele é importantíssimo e ninguém deve viajar sem um para evitar problemas no exterior. O que muitas pessoas não sabem é que ele é super barato. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para o Peru com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Veja outras matérias legais do Peru:

O que fazer em Lima: Dicas do que fazer e conhecer na cidade.
Como levar dinheiro para o Peru: Melhores formas de levar suas moedas peruanas.
Cidades turísticas do Peru: As cidades peruanas mais famosas e visitadas.
Como achar hotéis muito baratos no Peru: Incrível pesquisador e dicas excelentes.
Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *